O diploma precisa ainda de ser aprovado pela câmara alta do parlamento holandês

A câmara baixa do parlamento da Holanda votou hoje a favor de uma lei que permite o cultivo de canábis, medida que poderá acabar com um paradoxo político num país que tolera há décadas o consumo de marijuana.

A Holanda descriminalizou em 1976 a posse inferior a cinco gramas e o consumo de marijuana, proclamando uma "política tolerante".

A compra de pequenas quantidades de canábis nas chamadas 'coffee shops' é tolerada, mas o cultivo e a venda a estes estabelecimentos continua a ser ilegal.

A nova lei, aprovada por uma pequena maioria, prevê alargar essa "política tolerante" também aos produtores.

O diploma precisa ainda de ser aprovado pela câmara alta do parlamento holandês, conhecida como Primeira Câmara, não sendo claro que o texto seja aprovado por maioria.