Literatura Sativa: Meu Bong

Meu bong tem um poder mágico

Ele me transporta para a realidade

Meu bong tem um poder fantástico

Ele me contorna de toda a liberdade

 

Meu bong e sua fumaça são elementos

Da mais nobre e estética realização

Meu bong e sua fumaça são pensamentos

Da mais revolucionária e poética contestação

 

Meu bong e eu somos operantes

Filhos de uma revolta contra o sistema

Combatentes em prol da emancipação

 

Meu bong e eu somos militantes

Notórios acusadores do problema

Ideários da esperada legalização

 

Ilustração de capa: Tâmara Nunes